sábado, 25 de junho de 2011

Muito obrigado!

Muito obrigado! Estamos aqui com vocês desde março de 2008, quando o Blog Casa do Pão nasceu. Mais do que um espaço na internet ele foi a realização de um sonho - o de poder compartilhar a palavra de Deus com muitas pessoas. A ferramenta foi bem simples - um blog, mas com efeito é poderoso se o Senhor estiver na causa.

De lá pra cá foram muitas postagens, muitas palavras e experiências que tem nos surpreendido. Nem nós poderíamos imaginar que o Senhor nos levaria a tantas casas, escritórios, em lugares tão diferentes. Ele é maravilhoso!

Mas antes que pensem que estamos nos despedindo informamos que continuaremos nos vendo por aqui. Porém, convidamos você, com muita honra, para conhecer nossa nova casa virtual. Em meio às comemorações dos 4 anos da Igreja de Cristo Belém nós estamos lançando nosso site oficial. Essa é a segunda fase do sonho de levar, através da web, o Pão da Vida para muitos lugares.

Acessando o endereço www.mantbelem.com.br você vai encontrar palavras, estudos bíblicos, notícias e conteúdo que vai alimentar sua vida com a palavra de Deus. Para quem chega agora o convite é o mesmo. Acesse, comente, acompanhe e compartilhe, com seus familiares, amigos... Tudo está sendo feito com muito carinho e por isso queremos ver você sempre com a gente. O blog continuará ativo, com postagens do dia-a-dia de um povo apaixonado por Jesus.

Que o Senhor continue lhe abençoando.
Site MANT Belém

sábado, 18 de junho de 2011

Peso da tomada de decisão

Deus nos deu a capacidade de escolher desde o momento em que colocou o homem no jardim. A possibilidade de escolher nos torna poderosos. Se decidimos o que fazer também escolhemos quem iremos ser, já que todos nós somos resultados de nossas escolhas.

Através do livro de Rute podemos entender o peso das decisões. Quando lemos esse livro geralmente nos concentramos na grande demonstração de amor e fidelidade de Rute para com a sogra Noemi. Mas tudo aquilo só aconteceu em decorrência de uma escolha feita por Elimeleque - marido de Noemi.

Em um momento de provação em Belém, sua cidade natal, ele decide fugir da fome, indo para uma cidade estranha. Lá eles encontraram a morte (dele e de dois filhos do casal).

Nos momentos de adversidade nossas decisões não devem ser tomadas sem Deus a frente de tudo. Tomamos muitas decisões por pressão, em horas de grandes dificuldades e recursos pequenos. Nós pensamos errado e transformamos isso em atitudes - geralmente equivocadas. Fazemos isso diante da falta de recursos (sociais, financeiros, emocionais).

Elimeleque estava em Belém, a casa do pão, o lugar da bênção, e por um momento lhe faltaram recursos. Devemos pensar muito sempre que a situação não nos é confortável pois o resultado afeta todos aqueles que estão debaixo de nossa cobertura. Para isso não basta conhecer a Palavra, temos que nos perguntar: como Jesus faria?

Jesus viva sofrendo pressões: dos escribas, dos fariseus, da multidão. Mesmo assim soube tomar decisões corretas em todas as situações.

Porém aquele chefe de família optou por partir sem saber o que iria encontrar naquela outra cidade. Perderam a base ao sair do lugar deles.

Existe um princípio do ambiente. O Senhor nos fez para um ambiente específico - a presença Dele. Precisamos estar no lugar certo. Assim vamos pensar melhor, agir melhor e tomar as decisões corretas. O lugar certo faz a diferença. Quando deixamos o lugar certo as consequências são desastrosas. Uma atitude precipitada é sempre para a morte. Para a família de Elimeleque estar na terra de Moabe era andar sob a ausência de bênção, que é a maldição.

Poucas palavras são responsáveis por muitas guerras. O “Vamos embora” de Elimeleque foi suficiente para a estragar sua própria vida, a da esposa e dos filhos, que não queriam estar naquela situação. Uma decisão cega te leva a um lugar que não se conhece.

Dizem que Deus escreve certo por linhas tortas, mas na verdade ele conserta as linhas para escrever nelas. O Senhor usou uma mulher moabita para que Noemi pudesse tomar a decisão correta. Se ela prosseguisse sozinha, como era sua intenção, certamente iria morrer pelo caminho.

Só que Noemi já havia apresentando à nora o Deus que faz as coisas corretamente, que se tornou o Deus de Rute. Ela aceitou a decisão correta de Deus quando aceitou o Deus de Noemi. Aquela mulher pôde entender que a mão de Deus sempre tem a decisão correta. Deus queria que dali nascesse o Messias. Queria que Noemi participasse da genealogia de Jesus. Assim aconteceu.

Pese suas decisões. Ficou difícil? Deixe Deus conduzir. Procure seus líderes, seus pastores. Regule seu temperamento e nos momentos de incerteza não tome decisões pelo que você acha, mas pelo que Deus tem pra você!
Site MANT Belém

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP