domingo, 20 de abril de 2008

Não somos dos que retrocedem*

A todo momento nossa fé passa por desafios. As dificuldades são comuns àqueles que atravessam os desertos desta vida, como os de ordem financeira, pessoais e sociais. São desertos que muitas vezes podem trazer o sentimento de que a vitória é impossível. Momento de retroceder? Quando as portas se fecham, diante dos que baixam a cabeça diante do desafio, é importante lembrar que “o meu justo viverá pela fé; e; se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, da fé, para a conservação da alma”. (Hb 10:38-9)

Se firmados na condição de que temos fé e somos salvos, certamente não seremos dos que voltam atrás e se perdem. Isso porque a fé é a certeza de que vamos receber as coisas que esperamos e a prova de que existem coisas que não podemos ver. Os exemplos de vitória estão na Bíblia, onde verificamos que todos os servos foram “testados” ao extremo. Porém preferiram abrir mão da própria vida a negarem o Senhor, que os levantou e os encheu com o Espírito Santo.

Retroceder, no entanto, não é o fim. As dificuldades do deserto, o calor, a sede, a saudade das “panelas de carne”, são motivos que levam muitos a desistirem da caminhada em direção à Canaã. O coração fica cheio das lembranças do Egito, que levam ao retrocesso. É o momento em que muitos negam o Senhor Deus e o seu amor dedicado às suas vidas. Mesmo Pedro, que negou Jesus três vezes precisou ter a venda arrancada dos olhos, para ver o que só Ele via naquele servo. Foi o momento para constatar que não havia chance para retroceder. (Mc 16:7) Por isso é importante reconhecermos nossos próprios sentimentos e sermos sinceros com nós mesmos e com Deus.

Muitos retrocedem quando depositam seus corações na busca desenfreada pelo dinheiro e bem-estar pessoal. Retrocedem quando permitem que a incredulidade entre na vida e construa seus alicerces. Retrocedem quando a vida se torna morna, fria, apática e o coração fica fechado para o Senhor. Retrocedem ao desejarem viver as práticas comuns aos ímpios. Retrocedem ao se deixar levar por relacionamentos impuros, pela sexualidade louca desta terra e prazeres decorrentes dessas práticas. Retrocedem quando as portas são abertas e os problemas desta vida tomam o primeiro lugar no coração. Retrocedem quando a oração é abandonada, a Palavra deixa de ser sinônimo de alimento e viver em santidade vira condição facultativa. Retrocedem quando da boca jorram águas amargas.

Por isso é necessário ter em mente a certeza de que somos do Senhor e jamais retroceder em nossa fé, seja qual for o motivo, pois “em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou”. (Rm 8:35-39) É tempo de mostrarmos a força que o Espírito de Deus nos concede, marchando com firmeza em direção à pátria celeste. Assim seremos vencedores e pisaremos sobre a cabeça do nosso inimigo.

Para refletir: Você não pode retroceder, pois foi chamado para continuar, para ser mais que vencedor!
Oração: Peça ao Senhor forças para continuar sua caminhada com Ele!

(*Palavra compartilhada nas células da Casa do Pão)

Quem é você? Descubra conferindo o vídeo abaixo:



Dica: aperte play e em seguida o pause, enquanto o vídeo carrega.
Caso não consiga visualizar o vídeo clique aqui
Site MANT Belém

2 comentários:

Kênia de Freitas disse...

Esse video é perfeito! Música linda, imagem linda! Glória à Deus por todas essas coisas. Ele reina absolutamente!
É bom saber que temos um Deus que nos segura, nos sustenta e que somos propriedade exclusica Dele!


Eu sou tua Senhor!

Marta Cardoso disse...

eu também!!!!!

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP