quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Crer sem ver

“E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU”. (Êxodo 3:14)

“Porque, passando eu e vendo os vossos santuários,
achei também um altar em que
estava escrito: AO DEUS DESCONHECIDO.
Esse, pois, que vós honrais, não o conhecendo,
é o que eu vos anuncio”. (Atos 17:23)

“Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido”.
(I Coríntios 13:12)

“Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco.” (Mateus 1:23)


Justiça dos EUA arquiva processo contra Deus por não saber endereço de réu

A Justiça de Nebraska, nos Estados Unidos, decidiu arquivar nesta quarta-feira o processo que um senador movia contra Deus. O juiz Marlon Polk, da corte distrital do condado de Douglas, disse que como o senador Ernie Chambers não informou no processo o endereço do réu, a Justiça não teria como notificar Deus.

No processo, Chambers acusa Deus de gerar medo e de ser responsável por milhões de mortes e destruições pelo mundo. Segundo ele, Deus gerou “inundações, furacões horríveis e terríveis tornados”.

Chambers comentou que Deus fez ameaças terroristas contra ele e seus eleitores. Conforme o senador, ele abriu o processo em Douglas porque Deus está em todos as partes. "Como a corte não tem condições de notificar Deus, é preciso arquivar o processo", afirmou o juiz Marlon Polk em sua decisão.

Apesar de significar inicialmente uma "derrota", o senador encarou positivamente a decisão. "A corte reconheceu, desta forma, a existência de Deus", afirmou. "Desta forma, uma das conseqüências de reconhecer Deus é admitir sua onisciência. E, se Deus sabe tudo, Deus foi automaticamente notificado deste processo", completou. Chambers tem agora 30 dias para decidir se vai ou não recorrer do arquivamento do processo.

Motorista consegue mudar seu nome para 'Em Deus Nós Confiamos'

O motorista de ônibus escolar que em maio deste ano pediu à Justiça americana a chance de mudar de nome foi atendido. Sai Steve Kreuscher, entra "In God We Trust" ("Em Deus Nós Confiamos"), sendo "We Trust" o sobrenome.

"In God", motorista de 57 anos, teve seu pedido aceito pela Justiça na última sexta (13). Ele também é artista e diz que está ansioso para assinar suas obras com o novo nome. Ele vive em Zion, subúrbio ao norte de Chicago, e afirma que o novo nome vai simbolizar a ajuda que Deus lhe deu em tempos difíceis.

Em maio ele havia declarado ao jornal "Daily Heralds" que estava preocupado com a possibilidade de que "os ateus consigam remover a frase 'In God We Trust' da moeda dos Estados Unidos". Kreuscher relembra que a frase "God Reigns" ("Deus reina") foi retirada do brasão da cidade de Zion em 1992 depois de a corte considerá-la inconstitucional. Zion foi fundada em 1901 como uma teocracia por uma seita que acreditava que a Terra fosse plana.

Fonte: G1
Site MANT Belém

Nenhum comentário:

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP