terça-feira, 14 de abril de 2009

Fazendo história no Congresso Liberação Profética - Palmas (TO) 2009




O Congresso Liberação Profética reuniu multidões em Palmas, em quatro dias de louvor e adoração em Palmas (TO), no clima do tema dessa 18ª edição “Recebendo o Manto de Milagres”. Foi mais um grande momento com a presença do Espírito Santo. Também foram dias para marcar a história do Congresso e da Igreja de Cristo Ministério Apostólico Nova Terra (MANT).

Conheça um pouco dessa trajetória, resumida pelo Apóstolo Bené Silva, que vive um tempo de colheita junto com a esposa, Bispa Vera, a frente de quase duas décadas de congresso, acompanhando os passos da Igreja de Cristo.



Apóstolo Bené e o Congresso Liberação Profética

“Há 18 anos Deus me deu uma palavra profética, dizendo que devíamos levantar um altar de louvor e adoração a Deus nessa região, aqui no centro do Brasil, Tocantins. Naquela época ainda estava transicionando para ser Tocantins. Ainda era norte de Goiás; região abandonada, desprezada, pobre, carente. E nesse tempo Deus nos deu essa palavra e nós começamos. Foi muito preço, foi muito choro. Começou pequeno, mas os que tem uma visão, um sonho e uma palavra de Deus são indesistíveis. E nós permanecemos nesse sonho, ano após ano.



Nesse congresso, realmente, 18 anos é uma idade linda. É uma idade de transição. Quem atinge 18 anos sai da fase de ser pequeno, a fase da adolescência, para a maturidade, para coisas grandes. E assim está acontecendo em nosso meio. Esse congresso é uma multidão. Todas as noites estamos com mais de cinco mil pessoas. É um envolvimento de toda a cidade, todas a igrejas.



O nosso ministério veio em peso. O pessoal do Espírito Santo, da Bahia. O Pará... esse Pará... é um povo apaixonado. O avivamento nasceu no Brasil e no Pará. Só podia ter nascido lá. Há uma paixão do paraense por Deus. Nós temos aqui quase mil pessoas só do Pará. Há uma multidão muito grande do Pará, Maranhão, Tocantins, o estado mais novo, caçula da nação e Deus movendo poderosamente.



Usou com manto de unção de milagres, não apenas milagres de cura física, mas cura emocional, cura ministerial, cura para os sentimentos, ampliando a visão – a plenitude do Espírito Santo; foi muito forte nesses dias. O Pastor Hernane, muito usado por Deus; Heloísa Rosa com uma unção de voz, que unção que veio! Muita graça! E o David Quinlan, foi a abertura do congresso – um show extraordinário. Muita unção, muita graça”.



Primeiros passos
O primeiro congresso aconteceu na primeira igreja aberta por eles na região, na cidade de Paraíso, na época Paraíso do Norte. Com a criação do novo estado, passou a ser Paraíso do Tocantins. Nesse período ainda estava sendo escolhida a área para definir a capital. A capital provisória foi Miracema até o estabelecimento da capital Palmas, após muito estudo e pesquisa da área ideal.


“Palmas é uma cidade de 19 anos, uma cidade projetada, linda. Uma cidade com ruas largas. Uma cidade de muito verde, muitos pássaros. E Deus escolheu esse lugar lindo. Nós já estamos aqui há 16 anos com o congresso em Palmas. Aqui é a sede de onde nós ordenamos os pastores, os evangelistas, bispos, apóstolos, aqui, derramando essa unção, sobre todos os líderes, igrejas. E daqui saem realmente tochas de avivamento.



Nesse ano o Apóstolo Bené pôde contemplar multidões reunidas no congresso, resultado de uma longa caminhada em busca das almas. São resultados de sementes plantadas há vários anos, quando ele mesmo é o brotar de uma semente. Um momento especial desse congresso foi a presença do Bispo Ulisses, que semeou na vida do hoje apóstolo.

“Para mim é uma alegria muito grande. O Bispo Ulisses é o meu pai na fé. Ele me ganhou para Jesus. Minha mãe estava no hospital, desenganada pelos médicos. Ela foi levada para a Igreja de Cristo lá em Pires do Rio e foi curada de uma enfermidade da qual estava desenganada. Ela passava vinte dias no hospital e vinte dias em casa. Nós ainda adolescentes, todos rebeldes, meu pai um alcoólatra. E Deus usou o ministério do Bispo Ulisses para alcançar a minha mãe. Minha mãe começou a fazer campanha por mim, me levou para a igreja e eu me converti a Jesus através do Ministério do Bispo Ulisses. Através dele eu vim para essa região. Ele fez meu casamento, me ordenou a pastor, a bispo. É uma pessoa que tenho grande amor. É meu pai e senti assim uma alegria... daquela alegria do filho que responde a Deus e dá aquela alegria ao pai dizendo: olha, valeu a pena!”

Ministério Apostólico

“Eu estou muito feliz por esse congresso. Para nós é um manto novo porque esse é o primeiro congresso em que nós, por orientação de Deus, definimos o ministério como Igreja de Cristo Ministério Apostólico Nova Terra. Por que o apostólico? Porque nós entendemos em Efésios 4:11 que Deus concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres – cinco ministérios.

Deus está fazendo isto no Brasil e está derramando isso na Sua Igreja. Então nós somos um ministério apostólico e ministério onde estamos sedentos para receber os cinco ministérios do Senhor. E isso está acontecendo.

Fica aqui um chamado para você que vai ler essa entrevista, dizer a você: é um tempo novo, que o Espírito Santo está movendo na Terra. Há muita escuridão na Terra, mas sobre aqueles que têm vontade para Deus está brilhando a glória. Volte seu coração para Ele, que quer fazer a glória de Deus brilhar no seu coração. Um abraço, um beijo no coração. Você que vai ler essa entrevista em outros países, um abraço. O Senhor está derramando grande unção no Brasil. O Brasil é o celeiro das nações. Receba um abraço muito forte e que essa unção alcance a sua nação, sua cidade, sua casa e sua família. Shalom Adonai!”

Crescimento

Do primeiro ao atual congresso, muita coisa evoluiu. O primeiro foi realizado na própria igreja, com um grupo de pessoas da região. Nos anos seguintes o evento passou a ser realizado em ginásios. O congresso, que sempre teve os jovens como maioria dos participantes, cresceu expressivamente nos últimos três anos, como destaca a Bispa Vera:

“Esse ano foi o primeiro ano em que o Senhor nos diz assim: aquele que planta chorando voltará com seus feixes, com alegria. Um dos versos que Deus me deu: o choro pode durar uma noite inteira, mas a alegria virá pela manhã. Foi um dos versos que nós choramos muito em cima dele e eu creio que chegou o tempo de alegria da colheita que nós estamos tendo. Esse congresso está revelando exatamente esse verso: que os feixes estão vindo; das multidões que estão vindo.

Outra coisa que nós oramos muito foi para que a cidade de Palmas viesse estar no congresso. Então a multidão está vindo. Pessoas de todos os lugares da cidade, participando mesmo. É a unção que veio dobrada esse ano, manto de Deus, muita graça. A gente sente no ar um manto, a glória de Deus, a plenitude do Espírito.

Uma das coisas que marcou muito foi a presença de Deus, a glória de Deus muito nítida. É como se você pudesse tocar. Tem momentos que parece que você vai tocar no Senhor, de tão real que é a presença Dele. Isso mexe muito comigo porque eu amo demais o Senhor e a presença Dele”.

Família

Em várias ministrações a palavra reforçou a importância da família, como propósito de Deus.

“Bíblia diz que nos últimos dias virá uma unção, a unção de Elias, em que o Senhor converterá o coração dos pais aos filhos e dos filhos aos pais. Em Gálatas 2:17 Ele fala que nos últimos dias Deus trará uma unção sobre toda a carne; o Espírito Santo descerá. Nós estamos vivendo os últimos dias e essa unção está vindo sobre as famílias, porque o plano de Deus, desde o início, é a família. Satanás, no decorrer dos anos, dos tempos, dos séculos, destruiu isso.

Mas agora Deus está restaurando, trazendo de volta a visão, os valores para a família. Porque o sonho de Deus é que a família seja uma família sacerdotal. Deus está restaurando a base, os valores, os princípios. Trazendo de volta o manto sobre as famílias, os lares.

Quando se enfatiza sobre família é porque é o plano de Deus para cada um; para os pais, para os filhos. É o manto e avivamento que Deus está trazendo nos últimos dias. É um manto para a família mesmo. O plano é a família; não é só para o jovem, não é só para a mulher, não é só para o homem, mas é para o todo.

Júbilo

O Bispo Valdemir esteve à frente de uma imensa caravana, junto com a Bispa Margareth, com muita alegria vinda de Marabá, marcando presença em Palmas.

“Eu estou jubilante de alegria. O meu coração está muito alegre por participar de umas festa tão poderosa, tão maravilhosa, e ter o privilégio de estar ministrando na vida das pessoas aquilo que Deus tem derramado na minha vida, naquilo que Deus tem feito.

Para mim é uma alegria muito grande. É algo assim prazeroso, que eu não sei como descrever porque tudo isso eu vejo como a mão de Deus, a misericórdia de Deus agindo através da minha vida.

Eu nunca pensei na minha vida estar ministrando num evento de porte como esse, num congresso de pregadores de nível muito alto. Mas Deus tem nos levantado, tem nos movido, tem nos usado e eu louvo a Deus, adoro o Senhor porque nesse Reino tem dado oportunidade para todos. Todos os que querem, que desejam, renunciar a si mesmos, para ver o milagre de Deus acontecer na sua vida.”


Site MANT Belém

Nenhum comentário:

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP