quarta-feira, 25 de junho de 2008

Uma conversa com...

Ap. Bené Silva

Para cumprir uma missão vinda de cima ele caminhou por um lugar de chão batido sabendo que teria uma grande colheita, a partir daquela terra. O apóstolo Bené Silva, 43 anos, que coordena a rede nacional da Igreja de Cristo Ministério Nova Terra iniciou um trabalho para erguer uma igreja na cidade de Paraíso do Tocantins (TO) a 60 km de Palmas, em 1986. Uma época em que a mais nova unidade da federação brasileira se erguia, com o suor dos otimistas. Com muito vigor ele, juntamente com a esposa, Bispa Vera Lúcia, cuidava dos filhos pequenos, Mateus e Hadassa, em meio as nuvens de poeira do lugar, e espantando os escorpiões que invadiam as casas, muito comuns na época.

De lá para cá ele acompanhou o crescimento da igreja, que chegou a capital, Palmas e foi além. Atualmente são cinqüenta unidades, nos estados de Tocantins, Pará, Maranhão, Bahia, Goiás e Espírito Santo. Hoje o apóstolo vive em correria, em muitas viagens, para cuidar dessas primeiras multidões, e não poderia ficar de fora da festa em Belém, para comemorar o aniversário de um ano da Casa do Pão.

Casa do Pão: Como é o seu sentimento nessa comemoração de um ano da Casa do Pão?
Ap. Bené:
Há uma alegria no meu coração, uma expectativa, porque Deus é fiel na sua promessa. A Bíblia diz que Deus cumpre cada uma de suas palavras. Ele zela para ela se cumprir e Deus tem nos dados essa palavra já há algum tempo sobre Belém. E o Pr. Nirson e a Pra. Kênia, juntamente com seus filhos vieram para Belém com esse propósito, levantar uma igreja linda. E eu volto aqui a Belém e vejo um povo sedento, e Deus liberou grandes promessas. Essa igreja será muito grande. Vai restaurar os drogados, os viciados, vai ser braço de Jesus para aquele que sofre e vai ser um instrumento de restauração para as famílias.

Casa do Pão: O Ministério Nova Terra em Belém se intitula Casa do Pão. E o que tem feito esse pão crescer?
Ap. Bené:
É uma promessa. Jesus é o pão da vida. Ele veio para alimentar os famintos desse mundo de paz e de alegria. Aqueles que estão sofrendo, muitas vezes com ódio, com amargura, com separações, a distância dos pais. São tantos os jovens que estão em Belém e seus pais estão distantes, estão aqui, solitários, e Jesus é esse pão. Esse pão que sacia, que supre, o príncipe da paz. Esse pão dá vida e Belém significa isso: casa de pão. E o pão que nós queremos distribuir é o pão da vida - Jesus Cristo.

Casa do Pão: Que notícias você já pode dar aos outros sobre as coisas que estão acontecendo em Belém, cumprindo essa promessa?
Ap. Bené:
Eu fiquei muito feliz quando cheguei ao aeroporto e estava ali um grupo de pessoas do ministério Assembléia de Deus, adorando a Deus, recebendo ali congressistas para 97 anos de Pentecostes em Belém. Foi aqui que Deus liberou um dos maiores avivamentos sobre o Brasil, o Pentecostes, o mover pentecostal. Então, Belém foi escolhida por Deus para ser uma terra de avivamento. Só que no mover de Deus vem uma onda, depois vem outra, e vem outra e outras... Então Deus tem um derramar novo da sua bênção, do seu Espírito Santo sobre Belém. E é uma cidade linda que cresce, tem melhorado muito. Nós temos visto um despertar da cidade, a cultura, mas especialmente a prosperidade está visível isso. E a igreja é o sal da terra, ela salga, e aqui tem o “Aviva Belém”, tem tantos grandes eventos que oram, que profetizam. Deus está movendo e nós somos parte dessa bênção. Deus tem aqui a nova herança. Há uma multidão que vai se entregar nas nossas mãos e o que eu sinto é que são vasilhas que serão cheias, serão multiplicadores de multidões, repartindo esse pão da vida que é Cristo.

Casa do Pão: Qual a importância de cada um se ver como Belém, espiritualmente?
Ap. Bené: Isso é muito importante. A Bíblia diz que Deus tem uma bênção para a cidade e as pessoas as pessoas precisam buscar a promessa para a sua cidade. E a cidade nasce com um nome lindo – Belém, fazendo referência a Belém de Judá, onde nasceu Yeshua, o Messias, Jesus Cristo, que veio trazer a salvação a todos os homens. Quando Jesus nasceu os anjos cantavam dizendo: paz na terra a todos os homens a quem Deus quer bem, porque nasceu o Messias, o Salvador. Belém é uma anunciadora de boas novas. Então quando cada pessoa deve entender seu chamado, que ele é o anunciador de boas novas e experimentar esse Jesus vivo e ressuscitado, que não é religião, não é religião evangélica nem católica, nem qualquer uma outra. Jesus é uma pessoa, ele morreu ressuscitou e está vivo, aqui agora, pelo Espírito Santo, e você que vai ler essa matéria, Jesus te ama, ele tem uma grande obra na sua vida.

Casa do Pão: O que você espera para o segundo aniversário?
Ap. Bené:
Com certeza nós estaremos num salão novo, num espaço maior e com uma multidão. Deus nos dará uma colheita de 10 anos em 1 ano e eu creio que essa colheita virá.

Foto: Keilon Feio
Site MANT Belém

2 comentários:

Suely disse...

Ap. Bené: foi de Deus sua vinda ao nosso primeiro aniversário. Recebemos as palavras que Deus colocou em seu coração para ministrar à essa Igreja, ainda tão pequena em número, mas tão grande em sonhos e ousadia. Amamos vc. Deus o abençoe e recompense enormemente pela grande obra que tem feito por amor a Cristo.

Evaristo`s Coiffure- Centro da Beleza disse...

fico feliz pelo que o Senhor tem feito na vida do apostolo Bené , no qual admiro e tento imita-lo, alem de ser um um homem de Deus foi meu pastor, ainda mais tudo que sei em Deus devo a este Homem, sou parênte dele nossas Mães são irmãs, e fui criado por ele. Deixo lorp na vida dele Sl 114:12,13,14
PR. Evaristo A.SIlva

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP