terça-feira, 12 de agosto de 2008

Entrando em campo

(Arca’s Futebol Clube, A Série) 1º Episódio


Após criar o estádio em sete dias e convocar os melhores craques da terra, o Técnico conversou com o plantel para repassar as últimas instruções antes da grande partida. Agora o campo está pronto para o primeiro confronto do Arca’s x Gafanhotos. Maneco liga a TV para acompanhar a disputa enquanto o locutor apresenta os times.

Locutor: Bem amigos da Casa do Pão! Está chegando a hora, vai começar o grande campeonato, haja coração! É muita rivalidade em jogo e a torcida vai ser o décimo segundo jogador. E o que podemos falar dos esquemas táticos?

Comentarista: No time do Arca’s a estratégia é muito clara – chegar e se multiplicar pelo campo, seguindo as orientações do Técnico. Já o adversário não quer deixar por menos, com uma estratégia bem agressiva – matar, roubar e destruir. O Arca’s traz nomes fortes como Abraão, José e Isaque – é o time da promessa. Difícil vai ser narrar as jogadas do Gafanhotos porque muitos nem tem nome. Na dúvida basta chamar de potestades ou principados, como são conhecidos.

Locutor: É pessoal, haja fôlego pra acompanhar essa disputa, heim! O juiz vai apitar... Bola rolando! Lá vem Adão com domínio da bola, sem nenhuma vergonha... Passa com tranqüilidade como cara de quem está no paraíso... Faz a combinação com Eva no meio do campo... Será que vai conseguir comer desse fruto?

Comentarista: Nessa jogada ensaiada o Técnico alertou que é uma estratégia perigosa - de morte inclusive.

Locutor: A serpente tenta desarmar a jogada... Cadê o driiiiible!? Oooopa, o que isso minha gente? Que chute torto! Eva quis retornar a jogada pro Adão, mas perdeu o domínio do jogo.

Maneco: Já começo o jogo pisando na bola?! Sai daí seu canoa! Aliás, desde quando mulher joga futebol? Tinha que ser!

Locutor: Tensão em campo... O Técnico já olhou de cara feia... O atacante está gesticulando, jogando a culpa na mulher... Mas parece que a desculpa não está colando minha gente... E a pressão da torcida é grande pela substituição.

Comentarista: É! Daqui pra frente a partida não vai ser mais um paraíso pra esses dois. O jeito é esperar pra saber se esse deslize vai comprometer o esquema tático do Arca’s.

Locutor: Segue o jogo... Abel chega com uma bela jogada, que agradou o Técnico... Oooooopa! O quê iiiiiiiisssoooo? Falta gravíssima e mortal em cima do craque! E o próprio irmão foi o carrasco! O clima é de tensão em campo.

Maneco: Pede pra sair seu carniceiro!

Comentarista: Pelo visto, depois dessa falta do Caim, o time do Arca’s está perdendo pra si mesmo. Nessas trapalhadas do Arca’s o time do Gafanhotos ganhou moral, tentando reverter o placar. Será que agora o Técnico mexe no time?

Locutor: Com a posse da bola o Gafanhotos parte para o ataque... Vai marcaaar... Deeeeefendeu!!!! Vai que é tuuuuua Noé, goleiraço do Arca’s.

Comentarista: É aquela história, né! Quando o jogo parece perdido sobra pra defesa.

Locutor: O jogo vai ser interrompido por alguns instantes porque está caindo um dilúvio. Eita aguaceiro! Os jogadores estão o correndo pra se abrigar na arca do Noé, do lado do campo, enquanto a água baixa. Apesar da correria não teve clima amistoso, só entrou quem torcia pelo Arca’s, o resto levou caldo.

Acompanhe a seqüência do jogo ainda nessa semana, no episódio “O time da promessa”.

Leia também:
Arca’s Futebol Clube - A Série (Apresentação)
Site MANT Belém

Nenhum comentário:

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP