sexta-feira, 12 de junho de 2009

Crônica – O dia em que a igreja não estava lá

“Alegrei-me quando me disseram:
Vamos à Casa do Senhor”
(Salmos 122:1)

Um dia ela simplesmente não estava lá. E agora?

Já não preciso inventar uma desculpa para não ir até ela. Agora poderei zapear os canais procurando alguma coisa que preste na TV pra assistir domingo a noite.

Não precisarei evitar os amigos, afinal, não há mais igreja para que me convidem. Sem cultos, sem redes... Puxa, não sei nem o que fazer agora que ganhei esse tempo livre... hum.. acho que vou dormir!

E se a igreja não estivesse lá?

Não haveria mais um lugar onde posso chegar curvado de tanta angústia e vergonha, sentar na cadeira e Deus começar a falar comigo, através de homens e mulheres.

Sem cânticos, sem louvores. Sem aquela pulsação que vai ao meu encontro, refrigerando minha alma nos dias turbulentos. Sem canções onde o Espírito Santo toca e até a tristeza pula de alegria. Apenas lembraria que na reunião de dois ou três o Espírito Santo já se fazia presente.

Nada de escola dominical, escola de líderes. Nada de estudo da Palavra, quando eu descobria as promessas de Deus para a minha vida – as mais de oito mil em toda a Bíblia.

Quem vai cantar e pular comigo, exaltando o Príncipe da paz, Senhor dos Senhores, Emanuel, Estrela da manhã? Onde encontrarei tantos apaixonados pelo meu Senhor reunidos, para orar juntos, num só clamor?

O gasofilaceo não está mais lá. Sem dízimo, sem primícia, sem oferta.. sem cumprimento de mandamentos, sem bênção nas finanças.

Por onde anda aquele homem, aquela mulher que viviam orando por mim? E agora? O que faz uma ovelha longe daquele que pastoreia, que estava sempre ali para guerrear por mim, me apoiar, me ensinar?

Não ouço mais aquele “graça e paz irmão” no corredor da igreja. Agora é difícil achar quem me ajude a levantar a cabeça, com base na Palavra de Deus. Só ouço “depois piora”, “é a vida”, “vai passar”, “puxa, que pena”, “bem feito”.

Onde está a turma que estava sempre comigo, compartilhando erros e acertos na caminhada com Cristo?

Onde está aquele chão em que podia me derramar?

Sabe. Acho que a igreja não era tão longe assim. Minha agenda não estava tão “lotada” assim. Que saudade daqueles dias. Puxa... se ela estivesse lá eu iria, debaixo de chuva se fosse preciso. Se a igreja estivesse lá...

O texto acima é uma suposição. A foto é real. Trata-se de uma igreja da China, onde os que se declaravam seguidores de Cristo começaram a ser presos e perseguidos, especialmente por Mao Tse-tung.

Confira no blog China4Jesus, do pastor João Cruzué, uma linda série de fotos no período entre 1960 a 1994, com evangélicos chineses que permaneciam firmes, em meio a perseguição.

Veja as fotos de batismos secretos nas águas, sorrisos, louvor, adoração, lágrimas (de felicidade). Igrejas improvisadas em cubículos. Igrejas sem cadeiras. Igrejas sem ar condicionado. Igrejas sem água gelada. Igrejas onde Jesus sempre fazia questão de estar (afinal, a Casa é Dele).

Pessoalmente estou super feliz pois agora temos uma igreja maior, bem maior. Na mudança anterior eu esfreguei o chão com palha de aço, esbanjando um sorriso colgate. Estava doida para repetir a experiência e ficar com as cadeiras “duídas”.

Pense numa pessoa feliz e honrada em lavar os banheiros, varrer a poeirada! Honra também terei em receber o Senhor, que sempre vai passar por lá. Honra de receber multidões, que se juntarão a mim para cantarmos “Dançar na Chuva” juntos, em alto e bom som! Eita!

Sabe, as vezes qualquer coisa (ou coisinha) parece mais importante. Já fiz trocas absurdas. Mas quando até uns minutos a mais na cama são mais nobres do que ir à Casa do Senhor, faça um esforço como o meu e pense: “ela poderia não estar lá!”

*Agradecimento especial a João Cruzué, que autorizou a utilização da imagem. Não deixe de conferir as demais fotos. CLIQUE. (Por favor solicite autorização a ele para utilizar as fotos).
Site MANT Belém

Um comentário:

Marina disse...

Na China mesmo temos uma grande luta em evangelizar. Para a galera ter noção se não sabem, mas todas as bíblias levadas para lá, são arrancadas as páginas e destribuidas uma página a cada uma e fazem rodízio. ISSO ME FAZ VEZ O QUANTO A PALAVRA DE DEUS É IMPORTANTE E SEDENTAS EM DETERMINADAS PARTES DO MUNDO, e me faz ser sempre mais sedenta.
Shalom!

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP