segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Crônica – Aquele que levanta

Já andou de cabeça baixa alguma vez? São aqueles momentos em que tentamos ser invisíveis e desviamos o olhar, pois é difícil andar de cabeça erguida. Tarefa mais fácil é lembrar o que nos fez viver de cabeça baixa. Independente dos motivos há uma ótima notícia:

“Porém tu, Senhor, és o meu escudo, és a minha glória e o que exaltas a minha cabeça” (Salmos 3:3).

Deus é aquele que levanta a minha cabeça. Ele sabe o que sentimos e não quer nos ver para baixo, encurvados, arrasados, nem desviando o olhar.

Para se poupar de mais uma humilhação se baixa a cabeça. Não olhamos para frente quando estamos tomados pelo medo, cansaço, pessimismo. Por vergonha não conseguimos encarar aqueles de quem perdemos a confiança. Baixamos a cabeça para não sermos notados, criticados, cobrados. Baixamos a cabeça como um avestruz amedrontado, para fugir dos credores, dos desafios, da realidade.

Perdemos a identidade quando olhamos para baixo. Gastamos precioso tempo com o pensamento de que não somos nem podemos nada. Ignoramos o que nós somos para Deus. Não, não olhe pra baixo:

“Porque o Senhor Deus me ajudou, pelo que não me senti envergonhado; por isso fiz o meu rosto como um seixo e sei que não serei envergonhado.

Perto está o que me justifica; quem contenderá comigo? Apresentemo-nos juntamente; quem é o meu adversário? Chegue-se para mim” (Isaías 50:7-8).

Seixo é definido como um fragmento de rocha, um tipo de pedregulho. Não parece grande coisa, mas foi com cinco pedras de seixo que Davi, o franzino pastor de ovelhas, se armou para enfrentar o gigante (I Sm 17:40). Bastou uma para derrubar Golias no chão.

Como é possível vencer usando pedregulho? Será que não vou passar vergonha? O seixo é apenas um instrumento. Se nossa identidade for como o seixo é porque damos licença para o poder de Deus operar em nós. Operar coisas grandes, mesmo quando parecemos insignificantes com os nossos pedregulhos.

É como se você fosse uma criança que volta chorando da rua, pois alguém lhe humilhou. O Pai amoroso decide interromper aquela tristeza. É quando segura no seu queixo, levanta seu rosto e lhe enxuga as lágrimas. “Levante a cabeça meu filho! Ninguém vai te humilhar pois teu pai está aqui”!

Deus levanta a sua cabeça para que você possa perseverar, recomeçar, lutar, criar, viver, sonhar. Ele levanta sua cabeça, para que você olhe para Ele e não temas, absolutamente nada.
Site MANT Belém

3 comentários:

Dani Chagas disse...

Lindo!!
Edificante!!

Jesus continue abençoando poderosamente!!

Bjos

Nice Galvao disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nice Galvao disse...

Obrigada por este post! ha sete meses atras Deus falou comigo atraves desse versículo Is50.7, porem só agora busquei resposta para o que Ele quis me dizer, e olhe, não poderia ter interpretação melhor dessa palavra. Me enxerguei, me vi completamente, ao ler essa crônica, e agradeço a Deus por Ele usar pessoas como vcs para abençoar outras! A palavra de Deus é viva e eficaz! A paz!

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP