sábado, 10 de outubro de 2009

Reconhecer a voz de Deus

“(Porque andamos por fé, e não por vista)” (2 Coríntios 5:7).

A voz de uma pessoa querida é familiar a nós. Podemos distingui-la ao longe ou em meio a outras vozes. E quando somos chamados prontamente respondemos. Tudo porque reconhecemos a voz de quem chama. Reconhecer é identificar algo que você já conhece. Você reconhece a voz de Deus?

O jovem Samuel servia ao Senhor. Já estava acostumado com a rotina, cercada com as coisas de Deus, pois era ajudante de Eli, o sacerdote do povo de Israel. Só que ainda não conhecia a voz de Deus.

Quando Deus o chamou, Samuel se confundiu (1 Samuel 3):

“ E sucedeu, naquele dia, que, estando Eli deitado no seu lugar (e os seus olhos começavam a escurecer, pois não podia ver),

Estando também Samuel já deitado, antes que a lâmpada de Deus se apagasse no templo do SENHOR, onde estava a arca de Deus, o SENHOR chamou a Samuel, e disse ele: Eis-me aqui (v1-4).

Samuel respondeu, pensando que era o sacerdote chamando.“...Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Mas ele disse: Não te chamei eu, torna a deitar-te. E foi e se deitou” (v5).

Deus continuou a chamar. Novamente o jovem se levantou e foi até Eli. “Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Mas ele disse: Não te chamei eu, filho meu, torna a deitar-te” (v6).

Toda confusão tinha explicação: “Porém Samuel ainda não conhecia ao SENHOR, e ainda não lhe tinha sido manifestada a palavra do SENHOR” (v7).

Pela terceira vez Deus chamou a Samuel. Dessa vez Eli entendeu o que estava acontecendo e orientou o jovem.

“Por isso Eli disse a Samuel: Vai deitar-te e há de ser que, se te chamar, dirás: Fala, SENHOR, porque o teu servo ouve. Então Samuel foi e se deitou no seu lugar.

Então veio o SENHOR, e pôs-se ali, e chamou como das outras vezes: Samuel, Samuel. E disse Samuel: Fala, porque o teu servo ouve” (v9-10).

Apesar da confusão percebemos a disponibilidade de Samuel, que em todas as vezes respondeu: “eis-me aqui”. Muitas vezes queremos falar com o Senhor, mas esquecemos de ouvi-lo.

O Senhor chama, mas as vezes achamos que não é Ele. Falta sensibilidade para aprender a ouvir do Senhor. Somente quando desenvolvermos essa sensibilidade poderemos responder como fez Samuel: “Fala, porque o teu servo ouve”.

Nosso esforço, muitas vezes é para reconhecer a imagem de Jesus. Primeiramente nós precisamos reconhecer a voz do Senhor, pois podemos ser enganados pelos nossos olhos.

Apesar de conviverem diariamente com Jesus os discípulos não o reconheceram em meio a tempestade (Mt 14:25-32). Os tripulantes da embarcação, ao visualizar Jesus caminhando sobre as águas, pensaram que era um fantasma. Só ficaram calmo quando Jesus se identificou, e ainda assim Pedro pediu para ir ter com ele, como comprovação.

Jesus nos disse que é o bom Pastor, que conhece suas ovelhas, e é conhecido delas. Ele diz que ainda tem outras ovelhas que não são deste aprisco; mas que também convém a Ele agregá-las, e elas ouvirão Sua minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor (Jo 10:14-16)

As ovelhas são animais que não enxergam direito, mas ouvem muito bem. Como ovelhas do Senhor precisamos estar prontos para ouvir e obedecer: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem” (Jo 10:27).
Site MANT Belém

Nenhum comentário:

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP