quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Ressuscitando o sonolento

A Palavra fala de dois tipos de morte. A no pecado e a morte para o mundo. Nessa última, Jesus nos dá a chance de ressuscitarmos com Ele. Não se engane: Êutico estava morto, foi levantado morto. O que aconteceu ali foi um milagre, de devolver a vida ao rapaz. Aqui podemos entender porque Êutico significa “afortunado”, pois a misericórdia do Senhor foi imensa, ao ressuscitá-lo. Temos um corpo natural e espiritual, que são igualmente importantes para sermos salvos:

“Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual”. (I Coríntios 15:44).


“Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.” (Ef 5:14)

Traumatismos
Êutico ganhou a vida novamente. Os que despencam da janela também podem encontrar novamente a salvação espiritual. O inevitável, no entanto, serão os traumatismos. O Senhor precisou juntar cada pedacinho daquele corpo. Imagine: costelas quebradas, bacia desfeita, traumatismo craniano, coluna vertebral destroçada. Um traumatismo espiritual é pior, pois é vivido em consciência, não em coma ou anestesiado. Afortunados serão pela misericórdia os que quiserem acordar.

Exemplos e consequências para quem dormiu

Sansão - Seu ponto fraco era ser mulherengo. Por teimosia se envolveu com a ardilosa Dalila, que era de povo inimigo. Teve os cabelos cortados, que eram o dom de Deus dado a ele, para que tivesse força descomunal.

“Então ela o fez dormir sobre os seus joelhos, e chamou a um homem, e rapou-lhe as sete tranças do cabelo de sua cabeça; e começou a afligi-lo, e retirou-se dele a sua força”. (Juízes 16:19)

As virgens - A parábola de Jesus, referente ao Reino de Deus, mostra que cinco das dez virgens não tiveram prudência, foram néscias (ignorantes, estúpidas, incapazes, insensatas, loucas). Não guardaram azeite para suas lâmpadas e não esperaram atentas à chegada do noivo (Jesus). No escuro da madrugada tentaram, correr atrás do prejuízo indo bater na porta do noivo e tiveram uma desagradável resposta.

“E, tardando o noivo, foram todas tomadas de sono e adormeceram... E ele, respondendo, disse: Em verdade vos digo que vos não conheço”. (Mateus 25:5 e 12)

Jonas - Antes de ser engolido pelo peixe Jonas não estava nem aí para o chamado do Senhor, de que fosse até a grande cidade de Nínive pregar a Palavra. Tanto que, após receber a intimação, viajou de navio para o sentido oposto.

“Então temeram os marinheiros, e clamavam cada um ao seu deus, e lançaram ao mar as cargas, que estavam no navio, para o aliviarem do seu peso; Jonas, porém, desceu ao porão do navio, e, tendo-se deitado, dormia um profundo sono”. (Jonas 1:5)

Apóstolos - Até os discípulos mais próximos de Jesus precisaram ser despertados, no momento mais importante de todos - a vitória sobre a morte. No Getsêmani Jesus foi orar para afastar a angústia e pavor de enfrentar os próximos momentos. Enquanto buscava forças no Aba-Pai orientou os apóstolos a vigiar.

“E, chegando, achou-os dormindo; e disse a Pedro: Simão, dormes? não podes vigiar uma hora? Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca. E foi outra vez e orou, dizendo as mesmas palavras. E, voltando, achou-os outra vez dormindo, porque os seus olhos estavam pesados, e não sabiam o que responder-lhe”. (Marcos 14:37-40)

QUEM DORME PERDE ALGO: Bênção, força, tempo, segurança, respeito, confiança, oportunidades, salvação, aprendizado, E A VIDA.

A janela de Mical
“E sucedeu que, entrando a arca do SENHOR na cidade de Davi, Mical, a filha de Saul, estava olhando pela janela; e, vendo ao rei Davi, que ia bailando e saltando diante do SENHOR, o desprezou no seu coração”. (II Samuel 6:16)

As janelas de Daniel
“Daniel, pois, quando soube que a escritura estava assinada, entrou em sua casa e, em cima, no seu quarto, onde havia janelas abertas do lado de Jerusalém, três vezes por dia, se punha de joelhos, e orava, e dava graças, diante do seu Deus, como costumava fazer”. (Daniel 6:10)

Existem sonos e sonos
Dormir é importante para o bom funcionamento do organismo. Mas há momentos em que ganha outras dimensões e consequências. Adormecer em hora e local impróprio é sintoma de algo, de alguma disfunção.

O sono de Êutico tinha conotação diferente, pois estava relacionado diretamente, sem meias palavras, a uma consequência trágica. Mas você já prestou atenção na semelhança dos conceitos de morte e sono ao longo do Evangelho? Já leu versículos em que não sabia exatamente a que “dormir” a Palavra se referia?

Isso não é a toa, nem figura de linguagem apenas. Êutico dormiu e foi levantado morto. Os dois termos têm a mesma origem, na mitologia Grega. Da união de Nix (a noite, a escuridão acima de Gaia) e Érebo (as trevas primordiais, “a escuridão profunda que se formou no momento da criação”) nasceram irmãos gêmeos.

Um deles era o deus Hipno (o sono, que também origina a palavra “hipnose”). O gêmeo dele era Tânatos (a morte). Daí a relação estreita entre sono e morte. Outros irmãos foram gerados da mesma união: Lete (esquecimento), Apáte (engano), Até (erro), Lissa (loucura), Momo (escárnio), Oizus (miséria), Éris (discórdia), entre outros.

Logo, quem está dormindo está perdido, confuso, desorientado, apático, insensível. ESTÁ MORTO.

Êutico foi além do que muitos, que nem ficaram para ouvir o apóstolo Paulo até o final (seria a última vez que iriam vê-lo). Isso mostra que não basta estar na igreja para ser salvo. É preciso estar presente na pregação prolongada, mas é preciso estar atento. Não podemos andar por aí sonolentos no mundo.

Sonolência é sintoma de morte espiritual. Até mesmo o sono físico pode ser um sintoma, dependendo da frequencia e ocasiões. Não há nada mais discreto e fácil para o inimigo fazer você dormir na hora do culto, da oração e leitura da Bíblia. É o caso de observar, buscar discernimento e orar.

Sonambulismo
Os sonâmbulos correm perigo ao fazerem coisas dormindo, sem buscar discernimento, alimento espiritual, orientação. Podem achar que estão agindo debaixo de benção, pois acreditam que estão acordados e não aceitam conselhos, cutucões, despertadores. Os sonâmbulos imitam mortos.

“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia”. (Mateus 23:27)



Leia também:

Não caia da janela. Desperte!

"Êuticos" - Sintomas de sono

Como não cair da janela

Site MANT Belém

Nenhum comentário:

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP